Avançar para o conteúdo

Logótipos de Marcas de Streetwear para os amantes da moda

Logos de marcas de streetwear.

Na moda urbana, os logótipos das marcas de streetwear tornaram-se muito mais do que simples emblemas comerciais. São símbolos de identidade, cultura e pertença, reflectindo as narrativas complexas e a evolução constante da moda de rua. Neste artigo, vamos explorar a forma como os logótipos destas marcas não só representam a sua identidade visual, mas também captam as histórias, os valores e as aspirações tanto de quem os cria como de quem os usa.

Nascido dos cantos mais criativos e subversivos da cultura urbana, o streetwear vai do skate e do surf ao hip-hop e à moda de performance. Neste espaço, os logótipos são muito mais do que marketing; são uma forma de expressão artística e um meio de comunicar mensagens poderosas. Reflectem inovação, rebeldia, estatuto e, em muitos casos, uma posição política ou social.

Logo de supreme original.

Supreme, originária de Nova Iorque e fundada em 1994 por James Jebbia, começou como uma marca orientada para a cultura do skate e evoluiu para um fenómeno global no mundo da moda urbana e do streetwear. O que distingue a Supreme é a sua capacidade de fundir moda, arte e cultura, criando mais do que vestuário: um movimento cultural.

Conhecida pelos seus lançamentos limitados e colaborações exclusivas com artistas, designers e marcas icónicas, a Supreme criou uma aura de exclusividade e de culto em torno dos seus produtos. A estratégia de “drops” semanais, em que lançam uma quantidade limitada de novos produtos, gerou uma procura sem precedentes e longas filas à porta das suas lojas.

O logótipo da Supreme, com a sua tipografia vermelha sobre um fundo branco, inspirado na arte de Barbara Kruger, é agora um símbolo de moda jovem e rebelde. A marca transcendeu o skateboarding e integrou-se na cultura popular, sendo adoptada por celebridades, músicos e aficionados da moda em todo o mundo.

Logo de BAPE, la marca de ropa.

Bape, também conhecida como A Bathing Ape, é uma marca de streetwear que deixou uma marca profunda na moda urbana desde a sua fundação em 1993 por Nigo em Tóquio, Japão. A Bape destaca-se pelo seu estilo único, misturando a cultura pop japonesa com influências do hip-hop e da moda urbana. Esta combinação resultou em designs apelativos e numa estética distinta que captou a atenção dos entusiastas da moda em todo o mundo.

O logótipo Bape, a icónica “Ape Head” ( cabeça de macaco) e o padrão de camuflagem, são imediatamente reconhecíveis e tornaram-se sinónimos da marca. A estética da Bape, frequentemente caracterizada por cores vivas e padrões arrojados, é uma afirmação de individualidade e juventude.

A Bape tornou-se um nome de culto na moda streetwear através de colaborações estratégicas e limitadas com marcas e artistas de renome, aumentando a sua visibilidade e procura. Estas colaborações, juntamente com edições limitadas dos seus produtos, criaram uma cultura de exclusividade e um mercado secundário ativo para os seus artigos.

Logo de la marca Off White.

A Off-White, fundada em 2012 pelo visionário designer Virgil Abloh, revolucionou o mundo da moda urbana com a sua abordagem única e contemporânea. Esta marca, que combina a alta moda com a cultura streetwear, rapidamente se tornou um ícone na indústria, conhecida pela sua estética inovadora e pelo seu foco na desconstrução e reinterpretação de estilos clássicos.

O que distingue a Off-White é a sua capacidade de fundir conceitos de arte, música e moda, criando designs que são tanto obras de arte como peças de vestuário. A utilização de aspas, etiquetas de fecho de correr e o sistema de riscas diagonais são características da marca, oferecendo uma nova perspetiva dos elementos de design tradicionais.

O logótipo da Off-White, com as suas riscas diagonais e a utilização inovadora da tipografia, é um reflexo da sua abordagem moderna e artística. Virgil Abloh, que antes do seu infeliz falecimento em 2021, era conhecido pela sua capacidade de esbater as linhas entre a alta moda e a cultura de rua, levando a Off-White a colaborar com marcas de alto perfil e tornando-a uma das favoritas entre celebridades e entusiastas da moda.

Logo de la marca Palace de Streetwear.

Palace Skateboards, vulgarmente conhecida como Palace, é uma marca de streetwear que se tornou uma referência na moda urbana desde a sua fundação em 2009 por Lev Tanju em Londres. Originalmente focada na cultura do skate, a Palace transcendeu este nicho, ganhando reconhecimento e popularidade na moda streetwear em todo o mundo.

O que torna a Palace única é a sua capacidade de combinar autenticidade com um sentido de humor irónico e uma estética distintamente britânica. A marca é conhecida pelos seus designs arrojados, muitas vezes com gráficos apelativos e um foco na qualidade e durabilidade, elementos essenciais no vestuário de skate.

O logótipo Palace, com o seu design inspirado na cultura do skate e nas influências da arte pop, é um símbolo da moda urbana e da juventude rebelde. A marca ganhou um culto de seguidores entre os jovens, especialmente pela sua abordagem não convencional à moda e à publicidade.

Logo de The Hundreds de Adam Bomb.

The Hundreds, fundada em 2003 por Bobby Kim e Ben Shenassafar em Los Angeles, é uma marca de streetwear que encapsula o espírito da cultura jovem e do estilo de vida urbano. O seu foco não está apenas no vestuário, mas também em refletir uma narrativa cultural mais ampla, abrangendo tudo, desde música e design a arte e política.

O que distingue a The Hundreds é o seu empenho em contar histórias autênticas e em criar uma comunidade em torno da marca. Mais do que apenas vender roupa, procura contar histórias e criar ligações com o seu público, algo que se reflecte na sua abordagem de marketing e na apresentação do produto.

O logótipo da The Hundreds, conhecido como “Adam Bomb“, tornou-se um símbolo reconhecível e icónico do streetwear. Este logótipo reflecte a energia e o espírito jovem da marca, bem como a sua tendência para a ironia e o comentário social.

Logo de la marca de Streetwear Stussy.

A Stüssy, uma marca pioneira de streetwear, foi fundada em 1980 por Shawn Stussy na Califórnia. Inicialmente focada na cultura do surf, a Stüssy expandiu-se para se tornar um nome icónico na moda urbana, influenciando e definindo o estilo de rua durante décadas.

O que distingue a Stüssy é a sua capacidade de misturar diversas influências culturais, desde o surf e o skate ao hip-hop e ao jazz, criando um estilo único que transcende as fronteiras tradicionais da moda. Esta fusão de estilos permitiu que a marca ressoasse junto de um público vasto e diversificado.

O logótipo Stüssy, com a sua assinatura distintiva Shawn Stussy, é imediatamente reconhecível e tornou-se um símbolo da moda urbana e da auto-expressão juvenil.

Logo de la marca Anti Social Social Club.

Anti Social Social Club (ASSC), uma marca de streetwear que captou a atenção do mundo da moda urbana com a sua abordagem enigmática e estética distinta. Fundada em 2015 por Neek Lurk em Los Angeles, a ASSC tem-se destacado pela sua atitude irreverente e pelo foco na saúde mental e na introspeção, um tema pouco convencional no mundo do streetwear.

A marca é conhecida pelos seus designs minimalistas, muitas vezes caracterizados pelo uso proeminente do seu logótipo e slogans enigmáticos. Este estilo reflecte o ethos da marca: uma sensação de isolamento e desconexão, combinada com uma procura de pertença e comunidade. A simplicidade dos seus desenhos, aliada a mensagens que ressoam emocionalmente com o seu público, ajudou a ASSC a construir uma base de fãs leais e apaixonados.

A ASSC ganhou notoriedade não só pelos seus desenhos, mas também pela sua abordagem de marketing única, que inclui lançamentos limitados e colaborações seleccionadas. Estas tácticas de marketing criaram uma aura de exclusividade e mistério em torno da marca, aumentando o seu apelo entre os amantes do streetwear.

Logo de la marca Obey con letras rojas.

Uma marca distinta no panorama do streetwear, Obey foi fundada em 2001 pelo artista e ativista Shepard Fairey, que inicialmente se tornou famoso pela sua campanha “Andre the Giant Has a Posse” e pelo icónico cartaz “HOPE” de Barack Obama. A marca baseia-se nas suas raízes na arte do graffiti, no skate e no punk, combinando moda, arte e ativismo político.

O que torna a Obey única é o seu compromisso de espalhar uma mensagem de consciencialização social e de mudança política através do seu vestuário. Os desenhos da Obey incorporam frequentemente elementos de propaganda e arte de rua, utilizando a moda como uma plataforma para expressar ideias e provocar o pensamento crítico. Isto reflecte-se no seu logótipo, que evoca imagens de propaganda e controlo, desafiando os consumidores a questionar o que os rodeia e as normas sociais.

Apesar das suas origens rebeldes e do seu foco no ativismo, a Obey alcançou um grande sucesso comercial. A marca é conhecida pelas suas t-shirts gráficas, hoodies e bonés, que combinam uma estética urbana com mensagens contundentes. Esta fusão de moda e mensagem tem-se ligado fortemente a uma geração de jovens conscientes e empenhados.

El logo de Kith, un referente del Streetwear.

Kith, fundada em 2011 por Ronnie Fieg, um veterano no mundo do calçado e do streetwear, emergiu como uma marca de culto na moda urbana. Com sede em Nova Iorque, a Kith distingue-se pelo seu foco na qualidade, detalhe e exclusividade, oferecendo uma combinação de moda, calçado e acessórios.

A filosofia da Kith centra-se na criação de peças que são simultaneamente intemporais e contemporâneas, com uma forte atenção à qualidade e ao detalhe. Fieg, conhecido pela sua meticulosidade e paixão pelo design, impulsionou a Kith para a vanguarda do streetwear com as suas colaborações inovadoras e interpretações únicas de clássicos do calçado.

O logótipo da Kith, com a sua tipografia limpa e moderna, reflecte a estética da marca: elegante, sofisticada e sempre na moda. A Kith não se concentra apenas na moda; também se aventurou no mundo da alimentação com a Kith Treats, a sua própria linha de gelados e cereais, demonstrando o seu foco na criação de uma experiência de marca completa.

Logo de la marca Noah, de estilo urbano.

Noah, fundada em 2015 por Brendon Babenzien, ex-diretor criativo da Supreme, é uma marca de streetwear que se distingue pela sua aposta na ética e sustentabilidade, aliada a um estilo que funde a estética do surf, do skate e da música. Com sede em Nova Iorque, a Noah ganhou reconhecimento pelo seu compromisso com a qualidade, a responsabilidade ambiental e social e um estilo que desafia as convenções do streetwear tradicional.

O que torna a Noah única é o seu foco na produção ética e na utilização de materiais sustentáveis, procurando reduzir o impacto ambiental da indústria da moda. Esta consciência reflecte-se nas suas colecções, que utilizam frequentemente tecidos orgânicos ou reciclados e promovem a durabilidade em detrimento da moda rápida.

O logótipo da Noah, um logótipo simples mas distinto, reflecte a estética da marca: clássica, refinada e consciente. Através dos seus designs, a Noah oferece uma mistura de vestuário casual e de desempenho, desde t-shirts gráficas e sweatshirts com capuz a peças mais sofisticadas, como blazers e malhas.

Autor

Graduado em Psicologia e apaixonado por guitarra flamenca e jogos de tabuleiro, minha trajetória profissional me levou a compreender a profunda conexão entre o comportamento humano e o marketing. Ao longo dos anos, aprimorei minha habilidade de analisar e interpretar tendências de mercado e respostas do consumidor. No The Color Blog, combino meus conhecimentos em psicologia com meu amor pela escrita, proporcionando perspectivas únicas sobre marketing, história e as interações humanas que definem nossa era digital.View Author posts

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *