Avançar para o conteúdo

O símbolo X. Sua história e significado

El símbolo x.

A letra mais poderosa do alfabeto, o símbolo X, tem sido usado em muitos campos, da álgebra à ciência, astronomia e espiritualidade. Ele é frequentemente usado para representar o desconhecido, mas seu significado pode variar dependendo do contexto. Veja a seguir o que você precisa saber sobre o significado do símbolo X, além de sua origem e história.

O símbolo X. Sua história e significado

Agora que o Twitter está mudando completamente seu logotipo e sua imagem corporativa para X, muitos de nós estão interessados em saber o que o X significa. Na verdade, Elon Musk também está começando a usar o domínio que comprou do PayPal: x.com

O símbolo X tem vários significados, representando o desconhecido, o segredo, o perigo e o fim. Ele pode ter significado místico, bem como importância científica ou linguística. Aqui estão alguns dos significados do símbolo, juntamente com seu uso em vários contextos:

Símbolo do misterioso desconhecido

Em geral, o símbolo X é usado para denotar algo misterioso ou desconhecido, que deve ser resolvido. Em álgebra, muitas vezes nos pedem para resolver x como uma variável ou valor que ainda não é conhecido. No idioma inglês, ele é comumente usado para descrever algo vago, como Brand X, ou para indicar uma pessoa misteriosa, como Mr.

Símbolo para o conhecido

Às vezes, o símbolo X é usado para identificar locais ou destinos específicos em mapas e pontos de encontro, dando origem à expressão x marks the spot. Na ficção, ele é comumente encontrado em mapas de tesouro, mostrando onde o tesouro escondido está enterrado. Também pode ser usado para marcar onde os paraquedistas devem aterrissar ou onde os atores devem estar em um palco.

Não perca nosso guia definitivo sobre design gráfico!

Descubra os melhores cursos online, mestrados e programas universitários para uma carreira de sucesso em design com nosso "Guia Definitivo para Estudar Design Gráfico: As Melhores Opções para uma Carreira de Sucesso". Forme seu futuro na indústria criativa hoje.
Ver Post Ler Mais Tarde

No uso moderno, o X é considerado uma assinatura universal para aqueles que não sabem ler ou escrever, indicando sua identidade ou sua concordância com um contrato ou documento. Às vezes, ele também marca a parte em que um documento deve ser datado ou assinado. Atualmente, usamos esse símbolo para indicar uma eleição, seja em um exame ou em uma cédula de votação, embora o mesmo símbolo seja usado para marcar a cena de um crime em fotografias ou plantas.

O símbolo X como perigo e morte

Alguns associam o símbolo X a fêmures sobrepostos ou crânios com ossos cruzados, o que significa perigo e morte. Embora os ossos cruzados tenham sido primeiramente associados a piratas, no emblema Jolly Roger, eles se tornaram um aviso de perigo muito difundido no final do século XIX.

Mais tarde, tanto a caveira e os ossos cruzados quanto o símbolo X em um fundo laranja tornaram-se o padrão para a rotulagem de substâncias nocivas e tóxicas em toda a Europa. Esse é provavelmente um dos motivos pelos quais o símbolo X adquiriu uma associação macabra com a morte.

Erro e rejeição

Na maioria das vezes, o símbolo X é usado para o conceito de erro e rejeição. Por exemplo, ele é usado para indicar uma resposta incorreta, especialmente em um exame, bem como um cancelamento que exige uma repetição.

O fim de algo

Em algum contexto, o símbolo X significa uma entidade cuja existência acabou, passou e desapareceu. No uso técnico, a letra X é geralmente uma versão abreviada de um prefixo mais longo, ex, comumente usado para descrever relacionamentos anteriores, como ex-marido, ex-amigo, ex-banda ou ex-CEO. Na linguagem informal, algumas pessoas usam a letra X para se referir ao ex-cônjuge ou à namorada.

Um símbolo moderno para o beijo

Em 1763, o símbolo X para beijo foi mencionado no Oxford English Dictionary e foi usado por Winston Churchill em 1894 quando ele assinou uma carta. Algumas teorias sugerem que a própria letra se assemelha a duas pessoas se beijando, com os símbolos > e < se unindo como um beijo, criando o símbolo X. Atualmente, ele é amplamente usado no final de e-mails e mensagens de texto para indicar um beijo.

Antes de adquirir seu significado místico, o X era uma letra do alfabeto primitivo. Posteriormente, ele foi usado para representar o desconhecido e uma variedade de conceitos em matemática e ciências.

No simbolismo alfabético

Letra X caligrafía.

O alfabeto primitivo surgiu quando os pictogramas evoluíram para símbolos que representavam sons individuais. O X deriva da letra fenícia samekh, que representava o som consonantal /s/. Depois de 200 anos, entre 1000 e 800 a.C., os gregos tomaram emprestada a samekh e a chamaram de chi ou khi (χ), a 22ª letra do alfabeto grego, a partir da qual o X se desenvolveu.

Nos números romanos

Mais tarde, os romanos adotaram o símbolo Chi para designar a letra x em seu alfabeto latino. O símbolo X também aparece nos algarismos romanos, um sistema de letras usado para escrever números. Cada letra do sistema representa um número, e o X representa 10. Quando uma linha horizontal é desenhada sobre o X, significa 10.000.

Na matemática

Na álgebra, o símbolo X agora é usado para representar uma variável, um valor ou uma quantidade desconhecida. Em 1637, René Descartes usou x, y, z como variáveis desconhecidas para corresponder a a, b, c usados para denotar quantidades conhecidas. Observe que uma variável não precisa ser denotada pela letra x, pois pode ser qualquer outra letra ou símbolo. Portanto, seu uso para representar o desconhecido pode ter uma origem mais profunda e antiga.

Alguns especulam que o uso do símbolo x em equações matemáticas vem da palavra árabe shay-un, que significa algo ou algo indeterminado. No antigo texto Al-Jabr, um manuscrito que estabeleceu as regras da álgebra, as variáveis matemáticas eram chamadas de coisas indeterminadas. Ela aparece em todo o texto para representar a parte da equação que ainda não foi identificada.

Quando o manuscrito foi traduzido por estudiosos espanhóis, a palavra árabe shay-un não pôde ser traduzida porque o espanhol não tem o som sh. Assim, eles usaram o som mais próximo, que é o som grego ch, representado pela letra chi (χ). Por fim, esses textos foram traduzidos para o latim, onde os tradutores simplesmente substituíram o chi grego (χ) pelo X latino.

Na ciência e em outros campos

Após o uso do símbolo na álgebra, o símbolo x acabou sendo usado para representar o desconhecido em outras circunstâncias. Quando o físico Wilhelm Röntgen descobriu uma nova forma de radiação na década de 1890, ele a chamou de raios X porque não a compreendia totalmente. Na genética, os primeiros pesquisadores chamaram o cromossomo X por suas propriedades exclusivas.

No setor aeroespacial, o símbolo X significa pesquisa experimental ou especial. De fato, cada aeronave é reconhecida por uma letra que designa sua finalidade. Os aviões X alcançaram vários feitos inéditos na aviação, desde inovações até a quebra de barreiras de altitude e velocidade. Além disso, os astrônomos há muito tempo usam o X como nome de um planeta hipotético, um cometa de órbita desconhecida e assim por diante.

Ao longo da história, o símbolo X adquiriu várias interpretações, dependendo do contexto em que é visto.

No cristianismo

Símbolo X en la cruz.

No idioma grego, a letra chi (χ) é a primeira letra da palavra Cristo (Χριστός), pronunciada khristós, que significa o Ungido. Acredita-se que Constantino tenha visto a letra grega em uma visão, o que o levou a adotar a fé cristã. Embora alguns associem o símbolo X à cruz, os estudiosos dizem que o símbolo é mais idêntico ao símbolo pagão do sol.

Atualmente, o símbolo X é frequentemente usado como símbolo do nome de Cristo. Como um dispositivo gráfico ou cristograma, ele substitui a palavra Cristo no Natal, que assim se torna Xmas. O outro exemplo popular é o Chi-Rho ou XP, as duas primeiras letras de Cristo em grego sobrepostas. No ano de 1021, um escriba anglo-saxão chegou ao ponto de abreviar a palavra Natal como XPmas para economizar espaço na escrita.

Algumas pessoas gostam de símbolos para representar sua fé. Entretanto, o próprio símbolo do X é anterior ao cristianismo, pois era o símbolo da sorte na Grécia antiga. Atualmente, ainda é um debate usar o X como símbolo de Cristo no Natal, considerando os muitos significados negativos do X, como desconhecido e erro, mas alguns argumentam que a controvérsia é apenas um mal-entendido de linguagem e história.

Na cultura africana

Para muitos afro-americanos, a história de seus sobrenomes foi influenciada pela escravidão no passado. Na verdade, o símbolo X é um marcador de ausência para um sobrenome africano desconhecido. Durante a escravidão, seus proprietários atribuíam nomes a eles, e alguns não tinham sobrenome algum.

A figura mais influente é Malcom X, um líder afro-americano e defensor do nacionalismo negro, que adotou o sobrenome X em 1952. Ele disse que ele simbolizava o nome africano desconhecido de seus ancestrais. Pode parecer uma lembrança amarga da escravidão, mas também pode ser uma declaração de suas raízes africanas.

O senso de mistério do símbolo X levou ao seu uso generalizado na nomenclatura, de Malcolm X à Geração X e às séries de televisão de ficção científica X-Files e X-Men.

Como rótulo de grupo demográfico

O simbolismo X foi aplicado à Geração X, a geração nascida entre 1964 e 1981, provavelmente porque eram jovens cujo futuro era incerto.

O termo Geração X foi cunhado pela primeira vez por Jane Deverson em uma publicação de 1964 e popularizado pelo jornalista canadense Douglas Coupland no romance de 1991, Generation X: Tales for an Accelerated Culture. Diz-se que o X foi usado para descrever um grupo de pessoas que não queria se preocupar com status social, pressão e dinheiro.

No entanto, alguns especulam que o nome Geração X foi dado por ser a décima geração desde 1776, e em números romanos X significa 10. É também a geração que marca o fim da geração Baby Boom.

Na cultura pop

Logo X-men.

A série de televisão de ficção científica The X-Files teve um culto de seguidores na década de 1990, girando em torno de investigações paranormais, a existência de vida extraterrestre, teorias de conspiração e paranoia sobre o governo dos EUA.

Nos quadrinhos da Marvel e no filme X-Men, os super-heróis tinham um gene X, que lhes dava poderes extras. O filme norte-americano Malcolm X, de 1992, narra a vida do ativista afro-americano que perdeu seu nome original durante a escravidão.

Em e-mail e mídia social

Atualmente, o símbolo X é usado com frequência no final das letras para indicar um beijo. Às vezes, o X maiúsculo significa um grande beijo, embora nem sempre deva ser considerado um sinal de um gesto romântico. Algumas pessoas simplesmente o incluem em mensagens para dar a elas um tom caloroso, por isso é comum entre amigos.

Autor

Graduado em Psicologia e apaixonado por guitarra flamenca e jogos de tabuleiro, minha trajetória profissional me levou a compreender a profunda conexão entre o comportamento humano e o marketing. Ao longo dos anos, aprimorei minha habilidade de analisar e interpretar tendências de mercado e respostas do consumidor. No The Color Blog, combino meus conhecimentos em psicologia com meu amor pela escrita, proporcionando perspectivas únicas sobre marketing, história e as interações humanas que definem nossa era digital.View Author posts

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *